Quem faz Low Carb ou Low Carb High Fat (LCHF) provavelmente já entendeu que não precisa ter medo da gordura natural dos alimentos.

Mas não ter medo não significa exagerar. Isso pode te fazer mal. Entenda por que.

 

Entupir-se de gordura não acelera perda de peso

Venho observando que muitas pessoas que estão em LCHF estão comendo gordura “como se não houvesse amanhã”, pois acreditam que dessa maneira a perda de gordura corporal será maior.

Não é assim que funciona, pessoal!! O sucesso de uma dieta highfat em nos emagrecer está ligada ao fato dela ser fundamental para nos dar saciedade (o que geralmente nos leva a ingerir uma menor quantidade de alimentos no dia) e melhorar a palatabilidade da dieta (torná-la mais gostosa e consequentemente mais fácil de seguir para o resto da vida).

Simples assim.

Inclusive, se você exagerar mesmo na gordura que vem da alimentação, pode fazer com que seu corpo pare de queimar gordura estocada no corpo.

 

Com moderação, a gordura natural é aliada

A salada da foto acima foi o meu jantar umas 6 e meia de um dia qualquer (tem alface americana, cenoura, bastante frango desfiado, tomate, limão e pouco mais de meio avocado).

Eu acrescentei o avocado para aumentar o teor de gordura e promover mais saciedade, pois provavelmente se não o colocasse voltaria a sentir fome antes de dormir e teria que fazer outra refeição.

Claro, eu amo avocado na salada (e fora dela tb)!

Mas veja que fiz isso sem exageros. Esse é um prato normal que qualquer um pode comer em seu dia a dia.

Vejo gente que prefere tomar o café puro, mas acrescenta óleo de coco ou nata pq está em LCHF. Precisa disso não, pessoal  (claro que usei esse exemplo desconsiderando que um nutricionista tenha programado isso em sua dieta. Se está no seu plano feito por um profissional assim, é porque deve ter um objetivo).

“Não precisa adicionar gordura aos alimentos: você pode comer aquela que está naturalmente presente neles.”
Se você exagerar na gordura, alguns nutrientes podem faltar

Agora imagina só alguém que come ovos feitos numa piscina de banha de porco, toma café “bullet proof”, almoça basicamente carne gordurosa e come pururuca no jantar.

Ok, tá certo, talvez este seja um cenário extremo. Mas muita gente ainda pensa que o objetivo é se entupir de gordura.

Se você comer apenas alimentos muito gordurosos ou adicionar gordura (com óleo de coco, por exemplo) às refeições, você tenderá a comer menor variedade de Comida de Verdade.

Comer menor variedade pode significar carência de alguns nutrientes que são importantes para o corpo funcionar bem.

Não se deixe levar por outras pessoas que parece que estão em competição para ver quem adiciona mais gordura no prato ou quem atinge o maior nível de cetose.

Isso não leva a nada e ainda por cima pode te prejudicar. Moderação sempre. 

Receba em seu e-mail conteúdo exclusivo que vai te ajudar a perder peso sem neuras nem loucuras. Receitas, vídeos e dicas da Nutri Paula Mello.

0 comentários

Últimas Postagens

Comer maçã dá fome?

(Se você pensou: SIMMMM!) Descubra o que justifica o aumento da vontade de comer e como podemos incluir a fruta em nossa rotina sem maiores prejuízos! A primeira explicação, como você já deve saber, é que a maçã, assim como a maioria das frutas doces, é basicamente...

ler mais

Efeito Platô | Trecho do podcast com Senhor Tanquinho

Há alguns meses eu participei do podcast do Senhor Tanquinho. Para quem perdeu, confira aqui um excerto em que eu falo sobre o Efeito Platô e o link para o podcast completo (ao final do texto). Roney: Nós queremos saber: qual é a maior dúvida que você recebe, seja dos...

ler mais

Tudo sobre Jejum Intermitente

Em 2016 e 2017 a busca na internet pelos termos “jejum intermitente/ intermittent fasting” foi GIGANTESCA, o que mostra um interesse crescente sobre um tema que na verdade, já é bem antigo. O jejum tem sido usado como uma prática religiosa e médica há milhares de...

ler mais
Share This