Já publiquei uma série de posts anteriormente falando um pouco sobre a estratégia de Jejum Intermitente (JI) e o seu impacto no emagrecimento. Quando comparamos protocolos de JI versus restrição calórica diária para a perda de peso, ambos são igualmente efetivos. Ou seja, não importa se você alcança um balanço calórico negativo restringindo um pouco de calorias todos os dias (ex: todos os dias consome apenas 75% das necessidades diárias) ou alternando dias com um nível maior de restrição através do jejum prolongado com dias sem restrição (ex: um dia consome apenas 50% das necessidades com apenas duas refeições e no dia seguinte consome 100% das necessidades diárias). Em ambas as estratégias você terá um resultado igualmente favorável na perda de peso.

Mas muitos estudos deixam claro que independente do impacto na perda de peso, o JI parece ser uma estratégia SUPERIOR à restrição calórica diária no quesito MELHORA DE RESISTÊNCIA A INSULINA. Prolongar os momentos em que o corpo fica sem receber nutrientes (consequentemente em que fica sem liberar maiores quantidades de insulina) faz com que a insulina de jejum tenha uma queda mais expressiva ao longo do tempo. Em um estudo publicado em julho desse ano, após 12 meses testando os dois tipos de intervenção (JI em dias alternados vs restrição calórica diária) os pesquisadores notaram uma queda na insulina de jejum de 23 para 11 entre os participantes do grupo JI versus uma queda de 22 para 19 no grupo de restrição calórica.

Com base nesses achados, podemos pensar no JI não necessariamente como uma estratégia para perda de gordura, mas como um excelente aliado para auxiliar na melhora da síndrome metabólica – ajudando o paciente a sair mais rápido do quadro de resistência à insulina e melhorar o perfil lipídico. **Procure ajuda profissional para testar protocolos de jejum e evitar restrições excessivas de calorias ao longo do tempo que podem trazer prejuízos ao metabolismo.

Referências bibliográficas:

Gabel, K. et al. Differential Effects of Alternate-Day Fasting Versus Daily Calorie Restriction on Insulin Resistance. Obesity (2019) 0, 1-8.

Trepanowski JF, et al. Effect of alternate-day fasting on weight loss, weight maintenance, and cardioprotection among metabolically healthy obese adults: a randomized clinical trial. JAMA Intern Med 2017;177:930-938.

Catenacci VA, et al. A randomized pilot study comparing zero-calorie alternate-day fasting to daily caloric restriction in adults with obesity. Obesity (Silver Spring) 2016;24:1874-1883.

Harvie MN, et al. The effects of intermittent or continuous energy restriction on weight loss and metabolic disease risk markers: a randomized trial in young overweight women. Int J Obes (Lond) 2011;35:714-727.

Hutchison AT, et al. Effects of intermittent versus continuous energy intakes on insulin sensitivity and metabolic risk in women with overweight. Obesity (Silver Spring) 2019;27:50-58.

 

Share This