Todo mundo aqui já ouviu a frase “Frutas são saudáveis”, certo?

É verdade que frutas são fontes de fibras, vitaminas e minerais, porém (e este é um grande porém) a gente tem sempre que tomar cuidado com essa afirmação.

Ainda mais quando falamos das frutas secas. Veja por que neste post.

Dúvidas nos comentários, ok? Respondo o antes possível.

 

Sempre pense nestes 4 aspectos.

A resposta “saudável” ou não não dá pra ser tão imediata.

Sabe por que? Porque depende de quatro fatores: qual fruta estamos falando, como foi “feita”, frequência e quantidade.

Uma coisa é comer uma banana por dia e outra é um pacote de banana passa diariamente. 

As frutas “in natura” são sempre as melhores, não há discussão. Se você curtir laranja, melhor chupar do que tomar um suco.

O mesmo vale quando estamos comparando a versão “in natura” com as “secas”. Nesta época de festas de final de ano, isso é especialmente importante, pois as mesas das refeições ficam cheias delas. 

Uva passa, damasco seco, tâmara seca e um sem fim de outras tentações docinhas esperando você atacar. 

Não estou dizendo pra você nunca comê-las, mas é bom você saber algumas coisas antes.

A versão “seca”, como o próprio nome diz, contém muito menos água que a versão in natura. Assim, comparando-se o mesmo peso, possui uma concentração de açúcar (natural da fruta) muito maior!

O segundo fato que você precisa saber é que muitas destas versões secas contêm açúcar adicionado de alguma forma (explícita ou escondida). Usei o FatSecret para ver que o damasco seco (de uma marca conhecida no mercado) contém quase 63 gramas de carboidratos a cada 100g de alimento, tâmara seca 70g e uva passa 79g.

Portanto, se você acreditava que estava consumindo uma refeição “saudável” porque enchia o prato de frutas secas, é melhor você revisar este conceito. 

Minha sugestão, não só para o período de Festas como para o ano todo, é sempre preferir a fruta in natura quando bater aquela vontade de comer algo um pouco mais doce. Mas já que é período de Natal, não precisa se preocupar em se esquivar da uva-passa no salpicão! Afinal, com moderação, cabe um pouco de tudo.

Receba em seu e-mail conteúdo exclusivo que vai te ajudar a perder peso sem neuras nem loucuras. Receitas, vídeos e dicas da Nutri Paula Mello.

0 comentários

Últimas Postagens

Comer maçã dá fome?

(Se você pensou: SIMMMM!) Descubra o que justifica o aumento da vontade de comer e como podemos incluir a fruta em nossa rotina sem maiores prejuízos! A primeira explicação, como você já deve saber, é que a maçã, assim como a maioria das frutas doces, é basicamente...

ler mais

Efeito Platô | Trecho do podcast com Senhor Tanquinho

Há alguns meses eu participei do podcast do Senhor Tanquinho. Para quem perdeu, confira aqui um excerto em que eu falo sobre o Efeito Platô e o link para o podcast completo (ao final do texto). Roney: Nós queremos saber: qual é a maior dúvida que você recebe, seja dos...

ler mais

Tudo sobre Jejum Intermitente

Em 2016 e 2017 a busca na internet pelos termos “jejum intermitente/ intermittent fasting” foi GIGANTESCA, o que mostra um interesse crescente sobre um tema que na verdade, já é bem antigo. O jejum tem sido usado como uma prática religiosa e médica há milhares de...

ler mais
Share This