Nutricionistas que nunca ouviram essa frase de algum paciente, que atirem a primeira pedra: “quando estou de ‘dieta’, faço tudo certinho, mas quando não estou…”.

Vejo que a maior parte das pessoas vive nessa gangorra louca de “estar” ou “não estar de dieta” ao longo da vida. E é por isso que a maioria convive com o tal do efeito sanfona.

Acho que dá pra ser bem mais fácil e melhor que isso! Se você quiser evitar as neuras e o efeito sanfona, por favor leia este post.

 

Não existe dieta 100% do tempo

Nós não precisamos estar sempre no nosso maior nível de foco/determinação – afinal a vida é cheia de altos e baixos. Mas definitivamente não podemos encarar a boa alimentação como algo provisório, como uma estratégia que será utilizada apenas por alguns meses até chegarmos ao nosso objetivo.

Todo mundo precisa encontrar aquele famoso equilíbrio – aquele lugar, quase utópico para alguns, em que conseguimos nos alimentar bem em 90% do nosso tempo e nos 10% restantes nos permitimos (escolhemos) cometer algumas extravagâncias.

Para conseguir isso, cara leitora, você deve gostar da sua rotina alimentar, afinal, 90% do seu tempo é bastante tempo!

Se você encara alimentação saudável como uma penitência, sua “dieta” nunca vai dar certo. Simplesmente porque você não conseguirá atingir esse equilíbrio (não existe ser humano que consiga se penitenciar por tanto tempo).

Por isso, apaixone-se por comer Comida de Verdade de qualidade, natural, simples – só vai dar certo dessa forma!

Encha sua geladeira e despensa de comida boa, teste diferentes receitas, insista! Você vai amar o resultado. 

Tenho até arrepios quando ouço como algumas pessoas se referem à dieta! Para mim, dieta não é algo que tem data para acabar: é um jeito de se alimentar (de preferência bem).

Portanto, para mim nem faz sentido “estar de dieta” ou “não estar de dieta”. 

Sua “dieta” tem que se adaptar ao seu dia a dia

Adaptar os princípios da “dieta” ao seu dia a dia também é fundamental. Você tem seus gostos, alergias, rotinas que devem ser respeitados!

Imagina alguém que não gosta de couve manteiga ter que tomar suco de couve todos os dias, por exemplo (veja bem, nem acho que tenha que tomar sucos do tipo “detox”, ok? É só para dar o exemplo). Missão impossível, né?

“Dietas” super limitantes ou que se baseiam em tomar apenas sucos, sopas ou shakes, tendem a não darem resultado no longo prazo. Afinal, você não vai conseguir viver só disso, certo? Não faz sentido!

Se você decidiu fazer jejum intermitente, por exemplo, é importante que o protocolo se encaixe na sua rotina. Se para você é mais fácil “pular” o café da manhã, por exemplo, vá em frente. Não ache que existe uma receita universal que funcione para todos e precise ser seguida.

Se você faz Low Carb mas não curte ovos, também não há problemas: existem muitas outras alternativas gostosas e tão saudáveis quanto para seu café da manhã. Basta procurar um pouco e tentar encaixar àquilo que você realmente gosta. 

“Não pense em adotar uma ‘dieta’, mas sim uma alimentação saudável para o resto de sua vida”

Os resultados valem a pena

Se você realmente quer mudar seus hábitos alimentares para melhor, fique tranquila que os resultados valem muito a pena.

É só ter um pouco de paciência, afinal, não foi do dia pra noite que sua saúde piorou ou você ganhou todos os quilos de sobrepeso que pode ter hoje, verdade?

Tenho certeza que muitas distrações vão aparecer pelo caminho, mas com foco no resultado e boas escolhas você vai passar por tudo isso.

Pense em outras coisas que você conseguiu mudar depois de persistir, ter foco e passar por muitos obstáculos (sei lá, correr sua primeira corrida de 10 km – não foi da noite para o dia, foi?). Valeu a pena, não valeu?

Com a sua “dieta”, é a mesma coisa.

Receba em seu e-mail conteúdo exclusivo que vai te ajudar a perder peso sem neuras nem loucuras. Receitas, vídeos e dicas da Nutri Paula Mello.

0 comentários

Últimas Postagens

Comer maçã dá fome?

(Se você pensou: SIMMMM!) Descubra o que justifica o aumento da vontade de comer e como podemos incluir a fruta em nossa rotina sem maiores prejuízos! A primeira explicação, como você já deve saber, é que a maçã, assim como a maioria das frutas doces, é basicamente...

ler mais

Efeito Platô | Trecho do podcast com Senhor Tanquinho

Há alguns meses eu participei do podcast do Senhor Tanquinho. Para quem perdeu, confira aqui um excerto em que eu falo sobre o Efeito Platô e o link para o podcast completo (ao final do texto). Roney: Nós queremos saber: qual é a maior dúvida que você recebe, seja dos...

ler mais

Tudo sobre Jejum Intermitente

Em 2016 e 2017 a busca na internet pelos termos “jejum intermitente/ intermittent fasting” foi GIGANTESCA, o que mostra um interesse crescente sobre um tema que na verdade, já é bem antigo. O jejum tem sido usado como uma prática religiosa e médica há milhares de...

ler mais
Share This