A canela, aquela especiaria que usamos em várias receitas salgadas e doces, pode ajudar a dar um “up” na sua saúde.

Existem estudos mostrando isso (ver referências o final deste post)!

Veja como ela pode te ajudar e algumas sugestões de uso aqui neste post.
 

Qual o principal benefício?

Canela: há quem ame e quem odeie!

Mas o fato é que a canela pode melhorar a nossa glicemia pós-prandial – ou seja, ela pode minimizar o aumento da glicose no sangue se consumida junto à refeição fonte de carboidratos – e pode melhorar a nossa sensibilidade a insulina se consumida regularmente. Olha que incrível!

É bom que se diga que os estudos geralmente utilizam quantidades que variam de 1 a 6g de canela na refeição – é canela para carambaaaaaaaaaaaa!

Então sempre que puder “pesar um pouco” a mão na adição dessa especiaria, melhor será o efeito! 

Antes de te dar algumas sugestões, queria deixar um aviso. Isso não significa que você deve fazer um monte de refeições lotadas de carboidratos – incluindo aí doces e massas – e depois caprichar na canela!

Ela ajuda mas não faz milagre. Portanto, gente, não usem a canela como um “remédio” contra má alimentação. Sigam comendo Comida de Verdade e, sempre que der (e se você gostar), adicionem esta especiaria.

Banana, queijo derretido e canela
Sugetões para usar a canela no dia a dia

Sempre que eu como frutas e iogurtes gosto de adicionar uma boa pitada de canela!

Não combina só com banana, abacaxi e maçã, não…

Vai bem com toda fruta doce! Além disso, combina com diversas bebidas (cafés, cappuccinos, chás) e pratos salgados (na Índia e Oriente Médio ela é muito utilizada em preparações assim).

Eu já utilizei na caponata de berinjela e até no tempero de estrogonofe de carne e no molho de tomate! Fica muuuuito bom!

Na sugestão da foto, você pode colocar uma banana dividida em 2 partes, cobertas com queijo (de sua preferência) e canela. Daí você leva ao micro-ondas por uns 30 segundinhos só pra derreter o queijo. Delícia total.

Que tal sair dando uma turbinada nos seus alimentos com essa especiaria incrível? Benefícios não faltam! 

Referências

1. Effect of cinnamon on postprandial blood glucose, gastric emptying, and satiety in healthy subjects1,2,3 Am J Clin Nutr June 2007 vol. 85 no. 6 1552-1556. .

2. Solomon, T.P.J. & Blannin, A.K. Changes in glucose tolerance and insulin sensitivity following 2 weeks of daily cinnamon ingestion in healthy humans. Eur J Appl Physiol (2009) 105: 969. .

3. Effects of 1 and 3 g cinnamon on gastric emptying, satiety, and postprandial blood glucose, insulin, glucose-dependent insulinotropic polypeptide, glucagon-like peptide 1, and ghrelin concentrations in healthy subjects. Am J Clin Nutr March 2009 vol. 89 no. 3 815-821.

Receba em seu e-mail conteúdo exclusivo que vai te ajudar a perder peso sem neuras nem loucuras. Receitas, vídeos e dicas da Nutri Paula Mello.

0 comentários

Últimas Postagens

Comer maçã dá fome?

(Se você pensou: SIMMMM!) Descubra o que justifica o aumento da vontade de comer e como podemos incluir a fruta em nossa rotina sem maiores prejuízos! A primeira explicação, como você já deve saber, é que a maçã, assim como a maioria das frutas doces, é basicamente...

ler mais

Efeito Platô | Trecho do podcast com Senhor Tanquinho

Há alguns meses eu participei do podcast do Senhor Tanquinho. Para quem perdeu, confira aqui um excerto em que eu falo sobre o Efeito Platô e o link para o podcast completo (ao final do texto). Roney: Nós queremos saber: qual é a maior dúvida que você recebe, seja dos...

ler mais

Tudo sobre Jejum Intermitente

Em 2016 e 2017 a busca na internet pelos termos “jejum intermitente/ intermittent fasting” foi GIGANTESCA, o que mostra um interesse crescente sobre um tema que na verdade, já é bem antigo. O jejum tem sido usado como uma prática religiosa e médica há milhares de...

ler mais
Share This