O óleo de coco tem benefícios dentro e fora da cozinha. Confira alguns:

1. Estável para cozinhar: Uma das grandes vantagens do óleo de coco é a sua resistência à oxidação e polimerização, que faz com que ele seja um óleo estável para ser utilizado no preparo das refeições. É adequado inclusive para frituras “rasas” onde será utilizado em pequena quantidade e uma única vez, porém não é recomendado para fritura de imersão devido ao seu baixo ponto de fumaça – pode levar à formação de substâncias potencialmente cancerígenas devido à elevada temperatura.

2. Antifúngico, antibacteriano e antiviral:Outra vantagem do óleo de coco é a sua função antimicrobiana natural devido a alta quantidade de ácido láurico. Ele possui função antifúngica, antibacteriana e antiviral – já tem estudos mostrando a sua efetividade contra a bacteria Staphylococcus aureus (um patógeno perigoso) e o fungo Candida albicans (mulheres com candidíase de repetição, olha aí!).

3. Colesterol: Como dito na postagem sobre “óleo de coco e colesterol”, apesar de poder elevar o LDL, ele também tem um alto potencial em aumentar o HDL – o que é muito bom! Logo, se você não possui LDL elevado, optar pelo óleo de coco na rotina é uma ótima opção 😉

4. Emagrecimento: Poucos estudos (que eu tenha encontrado, apenas 2) mostram que o consumo de óleo de coco (em torno de 30ml/dia – 3 colheres de sopa, 1 em cada refeição principal) pode levar a redução da gordura abdominal. Caso queira testar esse potencial “emagrecedor” em você, assegure-se apenas de SUBSTITUIR as gorduras que geralmente utiliza pelo óleo de coco. Não simplesmente AGREGUE ele à sua alimentação normal, pois a adição de calorias será alta 😉

Referências:
1. Equivalence of lauric acid and glycerol monolaurate as inhibitors of signal transduction in Staphylococcus aureus.
2. In vitro antimicrobial properties of coconut oil on Candida species in Ibadan, Nigeria.
3. Effects of dietary coconut oil on the biochemical and anthropometric profiles of women presenting abdominal obesity.
4. An Open-Label Pilot Study to Assess the Efficacy and Safety of Virgin Coconut Oil in Reducing Visceral Adiposity.

Share This