Sim, isso é verdade. Não para todas as fontes de carboidratos, mas para aquelas compostas principalmente por amido, como os tubérculos/raizes e grãos.


Quando cozinhamos e armazenamos alimentos fonte de amido na geladeira ocorre um processo chamado de RETROGRADAÇÃO do amido – isso muda a sua estrutura e torna esse amido RESISTENTE A DIGESTÃO. Sabe o amido resistente encontrado na banana verde? Ele mesmo! Ele também será formado no resfriamento de batatas, arroz e diversos outros alimentos fontes de amido. Assim como as fibras em geral, o amido resistente contribui para a redução do índice glicêmico do alimento e menor resposta insulínica (já que parte do carboidrato digerível será convertido em fibra – não digerível), além de ser utilizado pelas nossas bactérias intestinais como um “alimento”, fortalecendo a nossa flora.

Portanto, se você está querendo reduzir o consumo de carboidratos, mas gosta de comer batata (ou qualquer tubérculo/raiz/cereal), cozinhe o alimento, leve-o a geladeira para resfriar e consuma-o em preparações frias (como na forma de saladas ou mingau frio, por exemplo). Claro que não estou falando que adicionar batata ou arroz gelados em sua alimentação diária irá lhe fazer emagrecer. Adicionar calorias a dieta obviamente nao trará benefícios extras de perda de peso. Porém se você estiver em emagrecimento e for comer uma fonte de amido, é bom saber que a fonte fria é mais vantajosa 👌😉

Share This